Criança faz cada oração!

1

Num calendário recolhi esta história, de autor desconhecido:

“Levei meus filhos a um restaurante. Meu filho de seis anos perguntou se podia dar graças. Ao orar, ele disse: ‘Deus é bom e é maravilhoso. Obrigado pela comida. Ficarei ainda mais agradecido se mamãe nos der sorvete como sobremesa. Amém’. Junto às risadas, uma mulher comentou: ‘É isso que está errado com esse país. As crianças não sabem nem rezar. Pedir sorvete a Deus! Nunca vi isso!’. Meu filho rebentou em lágrimas e perguntou: ‘Deus está zangado comigo?’. Enquanto o abraçava e lhe assegurava que havia feito uma oração maravilhosa e que Deus não estava zangado com ele, um cavalheiro idoso se aproximou, deu uma piscada para meu filho e disse: ‘Deus achou que foi uma grande oração’. ‘É mesmo?’, meu filho perguntou. ‘Dou a minha palavra’, o homem respondeu. E sussurrou (indicando a mulher que fez o comentário): ‘Que pena! Ela nunca pediu sorvete a Deus. Um pouco de sorvete faz bem para a alma’. Naturalmente pedi sorvete para nós. Meu filho, então, fez algo de que me lembrarei para sempre. Pegou o seu sorvete, caminhou na direção da mulher e o colocou em frente a ela. Com um sorriso, lhe disse: ‘É para você. Sorvete às vezes é bom para a alma; e a minha alma já está bastante boa’.”

Você tem pedido sorvete a Deus? Ou melhor, suas orações são como as de uma criança? Pois aí está o grande segredo: orar como uma criança. Crianças pedem sorvete a Deus, porque simplesmente acham que tudo vem mesmo de Deus. Ensinamos-lhes assim, e nós mesmos não cremos nisto!

A oração de uma criança é feita na base da dependência completa. Ela sabe que não tem capacidade para obter nada por si mesma. Tudo o que tem, usa e consome é dado por outros. A oração de uma criança é feita na base da confiança irrestrita. Ela crê tranqüilamente que receberá tudo o que pede. E, se não receber, aceita com facilidade a explicação da resposta negativa e supera rapidamente a frustração por não receber. A oração de uma criança não é feita com egoísmo. Ela pede porque sente necessidade ou vontade, mas está sempre pronta a compartilhar o que recebe com os outros.

Jesus disse que para entrar no Reino dos Céus precisamos nos tornar como crianças. Para orar também.

Pr. Sylvio Macri
Pastor da IB Central de Oswaldo Cruz-RJ
Colunista deste Portal
sylmacri@gmail.com

ARTIGOS SIMILARES

0

1 COMENTÁRIO

  1. Infelizmente vemos adultos atrapalhando o crescimento, a continuidade
    da Palavra de Deus. Estas crianças, amanhã estarão em nossos lugares!
    Que Deus toque nos corações de pessoas como o desta senhora e possam ser bênçãos na vida das crianças!

Responda