A Vida da Igreja

0
devocional“E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.” (Efésios 4.11-13) À Igreja de Cristo não faltam pessoas-dom e nem pessoas cujos dons estejam a serviço do Reino de Deus. Nosso desafio como igreja, situada em uma cidade e um bairro, com limites e contexto definidos, é nos alinhar à Igreja de Cristo e ser dela uma expressão, estando equipadas para servir ao Reino de Deus. Paulo disse que Cristo, que realiza a obra da redenção, é também quem designa pessoas para exercerem funções de liderança e ensino na igreja. A exemplo do Mestre, aqueles que são designados para as funções na igreja são chamados para serem servos. Este é um princípio inegociável no Reino de Deus! As designações de Cristo não têm a ver com grandeza! Não é para destacar na igreja os que são mais especiais maiores ou melhores que os demais. Trata-se de um serviço a cumprir que é o de preparar os cristãos para que sejam bons mordomos de Cristo, para que sejam pessoas-dom e para que seus dons estejam a serviço do Reino. Ser alguém assim depende mais do caráter do que do conhecimento. Não realizamos a obra do ministério na medida em que sabemos teologia, mas na medida em que o Espírito Santo produz seu fruto em nós, cujo primeiro sinal é o amor! (Gl 5.22-23) Uma igreja é edificada na medida em que seus membros crescem como ministros a serviço do Reino. É assim que ela se torna uma expressão da Igreja de Cristo. É uma jornada de amadurecimento. Vamos superando as superficialidades e nos apropriando da simplicidade e grandeza do Evangelho de Cristo. Vamos nos tornando pessoas orquestradas pela ação do Espírito Santo. Pessoas capacitadas a perdoar e amar, pessoas generosas. Uma beleza profunda e singela passa a manifestar-se entre nós. Isso é tudo que Satanás não quer! Mas é isso que, pela ação do Espírito Santo, está em andamento. E eu e você precisamos decidir que seremos parte do que Deus, em Cristo, pelo Espírito Santo, está fazendo!

ucs

ARTIGOS SIMILARES

0

0

SEM COMENTÁRIOS

Responda