Para ver e ouvir melhor

0

“Abraão ergueu os olhos e viu um carneiro preso pelos chifres num arbusto. Foi lá, pegou-o e sacrificou-o como holocausto em lugar de seu filho.” (Abraão 22.13)

A psicologia considera que nós temos audição e visão sempre seletivas. Ou seja, duas pessoas participando da mesma cena poderão vê-la de forma própria e diferente uma da outra. Vemos o que “damos conta de ver” e ouvimos o que “damos conta de ouvir”, por assim dizer. Podemos ver mais ou podemos ver menos do que está diante de nós. Podemos ouvir mais ou ouvir menos do que foi dito. Podemos até ouvir o que não foi dito! Se nossas experiências e constituição interferem, será que a distância ou proximidade de Deus, submissão ou falta dela a Deus, podem interferir em nosso modo de ver e ouvir? Creio que sim.

Muitas vezes consideramos que estamos bastante próximos de Deus e em alguns momentos achamos que estamos tão distantes. A música “Obsessão”, cantada em português por Lucas Souza, tem uma frase que expressa essa nossa percepção: “às vezes mais que a lua estás tão longe, às vezes mais que a pele estás tão perto”. De qualquer maneira, sempre podemos nos aproximar mais. Vemos o discípulo amado ao lado de Jesus e de repente ele reclina sobre o peito do Mestre. Aproximar-se mais, permite com que enxerguemos o mundo de forma diferente. Naquele momento de ceia, todos os discípulos viram Jesus honrando a Judas com o pão passado no molho; porém, o discípulo amado compreendeu que Judas seria o traidor.

Qual a sua visão da vida? Como você ouve a existência? Existe um convite de Deus pra você que pode revolucionar suas percepções. Por nós mesmos, enxergaremos e ouviremos tudo muito turvo e confuso, pois somos confusos. Mas com Ele as coisas ficam mais transparentes. Por mais que não sejam situações fáceis de serem vistas e ouvidas, podemos ser lembrados de que foi no caos que Deus trouxe organização, beleza e vida, como relatado em Gênesis. O mesmo Jesus que trouxe vista aos cegos nas Escrituras, é o que está com a gente hoje. Ele ainda pode tocar nossos olhos e ouvidos para que sejamos melhorados e consigamos ver possibilidades para a vida, assim como Abraão.

 

ARTIGOS SIMILARES

0

0

SEM COMENTÁRIOS

Responda