Que fase boa!!!

0

Talvez alguém olhe para o título e pense que estou em um momento de ausência de turbulências, mas a história não é bem assim. As turbulências estão no caminho, mas não estou nem aí para elas. Que fase boa da minha vida!

Agora você pode ter ficado intrigado mesmo: “Por que essa fase boa?”. Essa fase boa vem, em primeiro lugar, da minha comunhão com Deus. Não se espante! Sou cristão desde o nascimento, mas estou em um momento muito bom de comunhão com o Pai. Como é bom estar em comunhão com Deus e no centro da Sua vontade! Como é bom pegar a Bíblia e ler com vontade de aprender e viver o que está ali, em cada linha! Aliás, como é bom ter vontade de ler a Bíblia, certo? Muitos “cristãos” não sentem essa vontade. A comunhão com Deus é essencial para ficarmos “numa boa”. Estamos rodeados por muita coisa ruim e, assim sendo, precisamos de algo que nos faça olhar para a vida com otimismo. Quando estamos em comunhão com Deus, temos esse olhar. Estamos em um momento onde o Brasil é motivo de chacota, nossos políticos só fazem leis para a própria satisfação, são corruptos, praticamente em sua totalidade, a maldade é cada vez maior, a insegurança tomou conta dos corações, a violência só aumenta, catástrofes acontecem em diversos países, governantes estão procurando guerra… Ufa!!! Dá para desanimar, não dá? Mas quando estamos em comunhão com Deus, deixamos esse fardo com Ele. Deus nos dá o alívio. Devemos lançar sobre Ele todas as nossas ansiedades: “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós (1 Pedro 5:7). Quando fazemos isso, ficamos mais leves e podemos viver uma vida mais tranquila, mais “leve”, porque Deus está nos conduzindo, mesmo diante de tantos problemas.

Como é bom contemplar o belo, como diz Augusto Cury. Partindo da ideia de que Deus está cuidando da minha vida e de que eu não preciso ficar preocupado, posso contemplar o belo. Você já experimentou isso? Se não, desligue-se de tudo de ruim que está acontecendo a nossa volta e faça isso: contemple o belo! Olhe para a natureza. Vou melhorar: gaste tempo com a natureza! A questão não é se você é do tipo que gosta de plantas, árvores, flores ou não. A questão é que Deus criou a natureza, você se lembra disso? Pois é! Deus criou a natureza de uma forma genial. A natureza é linda, maravilhosa e quando paramos para contemplá-la, podemos sentir o toque criador de Deus. Podemos ver além do que os homens estão vendo. Podemos sentir além dos que os homens estão sentindo. Não estou falando de autoajuda, mas sim da ajuda do alto, que são coisas totalmente diferentes.

Contemplar o belo está além de olhar apenas para a natureza. Que tal olhar para as coisas simples que o rodeiam? Vida com simplicidade. Amo isso! Trabalho com crianças e aprendi a rir com essas crianças. O tempo vai passando e, às vezes, perdemos o nosso “lado criança”. Isso é triste! As crianças se divertem com coisas pequenas, e nós? Temos a tendência de complicar tudo. Vamos parar com isso! Vamos rir mais! Como diz Augusto Cury, rir de nossas mazelas, de nossos erros. Eu aprendi a fazer isso. Faço piadas com meus erros, brinco quando estou passando mal ou quando faço algo que não deveria ter feito. É uma forma “light” de encarar a vida. Tenho plena consciência da seriedade nos assuntos sérios, mas me divirto muito com coisas bobas para alguns, mas fantásticas e importantes para mim. Além de me divertir, tenho levado essa diversão adiante. Pergunte aos meus alunos – rs.

Que fase boa! Estou debaixo da mão poderosa de Deus, sinto-me tranquilo, Ele luta por mim, contemplo o belo e vou vivendo minha vida, sem me esquecer de que devo testemunhar sempre desse Deus maravilhoso, que me salvou e quer lhe salvar também. Jesus me deu uma vida em abundância e eu não vou abandoná-la nunca. Isso vai durar até a eternidade. Que fase boa da minha vida!

Wanderson Miranda de Almeida
Escritor e Colunista deste Portal
www.wandersonmiranda.com

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Responda