Pastor é espancado quando evangelizava pessoas na Índia

0

Um pastor cristão na Índia e membros de sua equipe de evangelização foram atacados com bastões de metal por membros de uma organização fundamentalista hindu durante um evento de evangelismo no estado de Rajasthan.

A Associação Cristã Asiática Britânica, um grupo que ajuda perseguidos cristãos em toda a Ásia, anteriormente conhecida como Associação Cristã Paquistanesa britânica, informou que o Pastor Harjot Sethi do Ministério Poder de Cristo foi atacado por membros da organização fundamentalista hindu Rashtriya Swayamsevak Sangh.

Os atacantes estavam armados com bastões de metal e varas de madeira. Eles assaltaram o grupo de cristãos que realizava um evento de evangelismo em Dabli Rathan, que é a maior aldeia do distrito de Hanumangarh em Rajasthan.

Sethi disse ao oficial principal da BACA (a associação) na Índia, Pastor Naresh Pau, que os atacantes esperaram até o momento que ele começou a falar no evento. Então, eles começaram o ataque contra os membros da equipe organizadora do evento e o pastor. A esposa de Sethi, Arvinderjot, também foi golpeada durante o ataque, mas conseguiu escapar. Ela correu para a delegacia de polícia local para denunciar a violência.

Lesões

De acordo com a associação, o pastor foi o foco principal dos extremistas durante o ataque, mas os membros da igreja acabaram protegendo Sethi dos extremistas. O pastor sofreu várias lesões, incluindo uma grave na cabeça e uma perna fraturada.

Pelo menos quatro dos atacantes foram presos e identificados como extremistas. A esposa de Sethi ajudou a salvar sua vida alertando a polícia. “Eu pensei que iria morrer. Esses homens vieram correndo para mim assim que comecei a falar e fui atingido na cabeça. Eu desmaiei temporariamente, o que só os animou ainda mais”, disse Sethi. “Os atacantes começaram a me bater mais intensamente enquanto eu estava no chão”.

Ferimentos

A mãe do pastor disse que seu filho foi atingido na cabeça com bastões de metal e que Deus lhe deu proteção. “Meu filho estava simplesmente compartilhando a mensagem de esperança de Deus. Os hooligans esperavam que ele começasse a falar para matá-lo”, disse ela. “Eles estavam armados e batiam forte em quem tentava interromper o ataque. Eu estava aterrorizada e tive que assistir de longe, sem fazer nada”.

O pastor Sethi disse que os policiais inicialmente estavam hesitantes em agir contra os atacantes. “Então, meus colegas me pediram para produzir vídeos sobre o ataque e nós compartilhamos nas mídias sociais para ter o apoio da justiça”, disse. “Os cristãos na Índia estão sofrendo uma crescente animosidade desde que o regime BJP (Partido Bharatiya Janata) obteve a vitória nas eleições nacionais de 2014. A vida está se tornando cada vez mais insustentável e oramos por mudança”, finalizou.

Com informações do Christian Post

SEM COMENTÁRIOS

Responda