Servir ao Senhor e ao próximo

0

“Em resposta, disse Jesus: Um homem descia de Jerusalém para Jericó, quando caiu nas mãos de assaltantes. Estes lhe tiraram as roupas, espancaram-no e se foram, deixando-o quase morto. Aconteceu estar descendo pela mesma estrada um sacerdote. Quando viu o homem, passou pelo outro lado.” (Lucas 10.30-31)

Quando algo ruim acontece a pergunta mais frequentemente feita é: por que Deus permitiu isso? Diante de tanta dor neste mundo esta pergunta tem alimentado a incredulidade de muitos e justificado a ideia de que, se existe um Deus, Ele não deve estar por perto e não se interessa pelo ser humano. E não faltam coisas ruins acontecendo para colocar lenha na fogueira do ceticismo. Jesus veio a nós e chamou-nos para segui-lo. Ele sofreu dores e viu muitas dores. Ele avisou que este mundo é um lugar de aflições (Jo 16.33). Entre nós Ele amou, consolou, curou e libertou. Ele afirmou a presença de Deus em meio ao mundo mal. Essa é a missão da igreja – fazer o que Jesus fez.

Jesus partiu e deixou a igreja no mundo para sinalizar a presença de Deus em meio às dores humanas. A igreja de Cristo é composta por gente em transformação. Mas que transformação? Jesus fez a vontade do Pai e a igreja deve fazer o mesmo. Não basta evitar praticar coisas que nos pareçam repulsivas a Deus. É preciso amar o próximo, cuidar de quem sofre e servir ao necessitado. Seja a necessidade material, emocional ou espiritual. Os sofrimentos humanos são diversos e a maioria deles está do lado de dentro. A igreja tem a vocação de ser o sinal da presença do Deus bondoso em meio a um mundo mal e cheio de dores. Quando o mundo pergunta “onde está Deus” a resposta cabe à igreja: “está aqui!”. Não somos chamados a defender Deus, mas a manifestá-lo.

A parábola do bom samaritano foi contada para mostrar a um perito da lei quem era o próximo a quem deveria amar, pois amar está entre os requisitos para aqueles que herdarão a vida eterna. Há pessoas que entrarão na vida eterna sem terem conseguido vencer completamente seus vícios e fraquezas. Mas Jesus deixa claro que não há lugar na vida eterna para aquele que não ama. Pois é impossível conhecer o grande amor de Deus e ainda assim endurecer o coração e recusar-se a amar o próximo. Jesus o colocou o sacerdote na parábola para nos alertar sobre isso. Pois servir a Deus sempre envolverá servir ao próximo.

ucs

ARTIGOS SIMILARES

0

0

SEM COMENTÁRIOS

Responda