O maior no reino dos Céus

0

Estava lendo um livro esta semana e encontrei a expressão “fogueira da vaidade”, onde os homens querem destaque, o primeiro lugar, as honras.

Infelizmente isso é comum, as pessoas não aceitam perder, não aceitam o segundo lugar.

Recordo da Copa do Mundo na França em 1998, o Brasil foi vice campeão e foi alvo de muitas críticas, todos queriam a vitória, todos queriam o título. O segundo lugar não é comemorado. As pessoas querem o topo.

Jesus certa ocasião recebeu um pedido inusitado, a mãe dos filhos de Zebedeu (Pedro e João), pediu para que um dos seus filhos se assentasse à direita de Cristo e o outro à esquerda no reino.

Jesus disse que ela não sabia o que estava pedindo. Quem quiser ser grande que seja servo. O próprio Jesus não veio para ser servido, mas para servir.

Em Mateus 18.1 os discípulos disseram: “Quem é o maior no reino dos céus”?

No verso 2 a resposta de Jesus foi: “E Jesus, chamando um menino, o pôs no meio deles, e disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus.”

Queriam saber quem era o maior e se não fizessem como menino (criança), nem lá entrariam.

Precisamos aprender com as crianças, elas são inocentes, não ficam almejando o poder, como nós adultos.

Aprendemos uma grande lição neste texto, é preciso conversão. “Se não vos converterdes…” se não passar pelo novo nascimento, uma regeneração operada pelo Espírito Santo de Deus, não entrarão no reino dos céus.

A humildade é tudo na vida, não podemos viver de forma arrogante, soberba, prepotente. É necessário aprender a respeito da humildade, viver sem ter a atitude de um ganancioso por poder.
A única forma de chegar aos céus é através de Jesus Cristo, crendo Nele e convidando Ele para fazer morada em nossas vidas. E quando isso acontece é perceptível a mudança na vida da pessoa, ela deixa de ser arrogante e torna-se humilde.

Pr. Cleverson Pereira do Valle
Igreja Batista em Vila Natal – Mogi das Cruzes -SP

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Responda