Precisamos de Redenção

0

“Assim diz o Senhor, o seu redentor, o Santo de Israel: “Eu sou o Senhor, o seu Deus, que lhe ensina o que é melhor para você, que o dirige no caminho em que você deve ir.” (Isaías 48.17)

Quem sou eu? Quem eu gostaria de ser? Quem eu efetivamente posso ser? São perguntar muito importantes. Normalmente concentramos nossas questões muito mais no possuir. O que eu tenho? O que eu gostaria de ter? O que efetivamente eu posso ter? Fazemos balanços e planos para cuidar dos aspectos matérias de nossa vida e nos descuidamos de quem somos. As coisas materiais importam, mas está errado não sermos também zelosos com as existenciais. Fazemos sacrifícios por causa do nosso corpo, mas nem sempre os fazemos por causa de nosso espírito. Talvez porque olhemos frequentemente o espelho e percebamos as desconformidades, mas, que visão temos de nosso espírito, de nossa alma, de nossa interioridade? Somos cegos para as feiras de nosso espírito!

Veja as palavras de Deus dirigidas ao seu povo no passado! Elas também dizem respeito a nós. A menos que não as queiramos! A menos que recusemos a oferta de Deus de nos ensinar e nos ajudar a amadurecer para fazer escolhas melhores. Ele se identifica como redentor. “Assim diz o Senhor, o seu redentor…” Um sentido básico de redentor é: aquele que paga o valor devido para libertar. Libertar de que? O povo bíblico foi libertado muitas vezes da escravidão imposta por nações conquistadoras. E a escravidão polícia estava sempre relacionada ao desvio espiritual. Nosso real problema é interior, é espiritual. O pecado é um tipo e escravidão que produz falsa liberdade. Nela o escravo pensa que é livre. Faz o que o pecado quer, mas acredita que está fazendo o que pessoalmente quer. Nessa escravidão não há paz.

A paz é um fruto, um resultado de estarmos vivendo à luz da verdade. De sermos quem fomos criados para ser. A vida não é o que tantas vezes pensamos que seja. E por isso buscarmos o que tanto queremos e depois descobrimos que não era exatamente o que pensávamos. A pior frustração é a que resulta de nossas próprias escolhas. Deus é o redentor que precisamos. É o único. Nossa vida está nele e precisamos aprender a viver segundo Sua vontade. O que Ele diz que é bom é bom e nos faz bem. Produz paz. É com Deus que aprenderemos a ser gente. Ainda que Ele nos instrua por meio de pessoas, está em Deus o segredo de nossa vida! Cabe a nós escolhermos: escravidão ou redenção?

ARTIGOS SIMILARES

0

0

SEM COMENTÁRIOS

Responda