Série de TV narra capítulo sangrento do confronto entre católicos e evangélicos

0

A história de conflitos violentos entre católicos e protestantes possui diversos episódios que marcaram a Europa nos séculos passados, e um desses capítulos, chamado Conspiração da Pólvora, está sendo retratado na série GunPowder, veiculada pela HBO no Brasil.

A produção segue a cartilha da teledramaturgia para retratar momentos históricos, mesclando ficção com realidade, e tem entre os protagonistas o ator Kit Harrington (conhecido pelo papel de Jon Snow, em Game of Thrones) e Liv Tyler (a elfa Arwen Undómiel na trilogia O Senhor dos Anéis).

O contexto narrado pela série produzida pela BBC é um capítulo da história britânica que mostra como a contenda religiosa entre católicos e evangélicos serviu de combustível para um plano que pretendia matar o rei Jaime VI da Escócia e I da Inglaterra, de acordo com informações do portal UCatholic.

Kit Harington interpreta o rebelde católico Robert Catesby, que liderava a conspiração e pretendia explodir o Parlamento durante uma sessão no dia 5 de novembro de 1605, matando o monarca e toda a elite política do reino, que era protestante de tradição anglicana.

Um comparsa de Catesby, Guy Fawkes, era responsável por armazenar a pólvora que seria usada na explosão, mas foi preso no dia 05 de novembro de 1605 e se tornou um símbolo da rebelião. Até hoje, o dia da prisão de Fawkes é comemorado no Reino Unido com a “Noite das Fogueiras” (Bonfire Night). Executado no dia 31 de janeiro de 1606, Fawkes serviu de inspiração para a HQ V de Vingança (que virou filme em 2005), de Alan Moore.

Além da cúpula da liderança rebelde, são representados na série o padre Henry Garnet, o principal jesuíta da Inglaterra, e Anne Vaux (Liv Tyler), a prima de Catesby. Uma curiosidade a respeito da produção da série é que o ator Kit Harrington é descendente do rebelde Robert Catesby, pelo lado de sua mãe, que se chama Deborah Jane Catesby.

Confira o trailer da série que narra, de forma bastante realista, um dos capítulos de confronto violento entre católicos e evangélicos:

 

GospelMais

SEM COMENTÁRIOS

Responda