Pesquisa: Diante das tragédias, 20% dos ateus buscam apoio na oração

0

Diante das tragédias da vida, um em cada cinco adultos não-religiosos buscam a Deus em oração, de acordo com uma nova pesquisa realizada pela ComRes em nome da organização cristã Tearfund, no Reino Unido.

Entre as pessoas que se consideram ateus, as crises pessoais são a razão mais comum para orar. Cerca de 20% dos entrevistados não religiosos disseram que oram para obter conforto ou se sentirem menos solitários.

Henry, de 64 anos, ora todas as noites de joelhos, apoiado em sua cama, apesar de não ser religioso. Questionado se ele acreditava em Deus, ele respondeu: “Eu não sei, mas eu me descreveria como simpatizante do agnosticismo. Eu certamente não me classificaria como religioso”, disse ele ao site britânico Guardian.

Silenciosamente, ele começa fazendo a oração do Pai Nosso e pede que seus entes queridos sejam protegidos. Henry não sabe se Deus ouve suas orações e afirma que não se sente melhor por orar. “Eu me pergunto por que eu não paro de fazer isso. Às vezes eu sinto que é uma espécie de hipocrisia”.

No entanto, Rachel Treweek, bispa da Igreja de Gloucester, na Inglaterra, considera: “Não devemos nos surpreender com essas descobertas, que refletem o anseio humano pelo mistério e pelo amor de Deus em meio às experiências da vida diária”.

“Muitas pessoas são levadas a orar em algum momento de suas vidas, mesmo que não sejam religiosas. Orar espontaneamente é se aproximar. Deus ouve as orações de todos”, acrescentou Isabelle Hamley, que atua na Igreja de Canterbury.

A pesquisa mostra ainda que mais da metade dos adultos no Reino Unido fazem orações e são cada vez mais propensos a clamarem a Deus enquanto se dedicam a atividades diárias, como cozinhar ou fazer exercícios. Uma em cada cinco pessoas oram enquanto fazem tarefas domésticas ou cozinham, 15% oram durante as viagens e 12% oram durante exercícios ou atividades de lazer.

Quando se trata dos assuntos abordados nas orações, a família é líder (71%), seguido dos agradecimentos a Deus (42%), orações por cura (40%) e pelos amigos (40%). No entanto, menos da metade das pessoas que oram acreditam que Deus ouve suas súplicas.

Com informações de The Guardian

SEM COMENTÁRIOS

Responda