Nigéria: Mais de três mil pessoas precisam de abrigo, comida e roupas

0

06Mais de 200 pessoas morreram em confrontos entre comunidades rurais no estado de Plateau, centro da Nigéria. Milhares de pessoas ficaram desabrigadas. Os confrontos que resultaram nas mortes aconteceram no final de junho. Missionários da Missão Portas Abertas estiveram no país para ajudar a população.

Nos dois locais onde os colaboradores da Organização visitaram, mais de três mil pessoas estão desabrigadas. Eles levaram alimentos e produtos de higiene. Os mantimentos são doações de cristãos de várias partes do mundo.

“Os cristãos estão em uma situação lamentável. Eles perderam parentes e casas. Além disso, falta comida, abrigo e roupas. Ao verem os recursos, alguns gritaram de alegria, outros começaram a chorar”, informa o site portas Abertas.

Mary Dung é uma das desabrigadas. Ficou feliz com a ajuda da Missão. “Em apenas um dia vocês responderam ao nosso clamor. Nem o governo fez o que vocês fizeram por nós. Nós estamos realmente gratos. Minha oração é que Deus retribua mil vezes mais para os que doaram esses recursos. Pedimos aos cristãos que orem para que Deus traga fim a todas essas mortes devido aos ataques”, declarou.

Perseguição religiosa

O presidente dos EUA, Donald Trump disse que a matança dos cristãos no país representa perseguição religiosa. A declaração foi em Maio, durante visita do presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari ao país.

“Tivemos sérios problemas com cristãos que foram assassinados e mortos na Nigéria. Vamos trabalhar nesse problema e trabalhar muito, muito pesado… porque não podemos permitir que isso aconteça”, destacou o presidente dos EUA.

Com informações de Portas Abertas

SEM COMENTÁRIOS

Responda