Vimos a Sua glória

0
E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. (João 1:14)

O prólogo do Evangelho de João é um texto fascinante, uma jóia da literatura mundial, um dos mais belos trechos da Escritura. O autor faz uma referência ao texto de abertura da Bíblia, resgatando suas duas primeiras palavras – “No Princípio” – para então falar sobre o nascimento, a identidade e a missão de Cristo, culminando com a afirmação sublime: “Vimos a sua glória”. João não fala que a glória de Deus revelada em Cristo foi algo sobre o qual ouviu ou leu. “Vimos”, ele diz. Escreve na condição de testemunha ocular.

João viu Jesus repreender a tempestade, andar sobre as ondas, expulsar os demônios, curar os enfermos e ressuscitar os mortos. Ouviu os seus ensinos, acompanhou os seus passos, presenciou a crucificação na sexta-feira e encontrou o túmulo vazio no domingo. Esteve com o Cristo ressuscitado, viu-o subir ao céu e teve visões dadas por ele no Apocalipse. Por que será que nem todas as pessoas têm a mesma experiência de João? Por que nem todos vêem a glória de Deus na terra? E (o que é mais grave) por que nem todos verão a glória de Deus no céu? Para responder a essa inquietante questão, só existem três respostas possíveis:

1) MUITAS PESSOAS NÃO VEEM A GLÓRIA DE DEUS PORQUE NÃO SE DISPÕEM A SEGUIR JESUS

João viu porque seguiu. Ele foi um dos primeiros discípulos, e provavelmente o mais jovem. Esteve com Cristo em todos os momentos, e, com mais de noventa anos, recebeu revelações suas na Ilha de Patmos. João viu a glória de Deus porque seguiu Jesus. O mesmo pode ser dito sobre os demais apóstolos. Porém, outras pessoas tiveram a mesma oportunidade, e não a aproveitaram. De acordo com o próprio João, alguns homens não quiseram seguir Jesus “porque amaram mais a glória dos homens do que a glória de Deus” (João 12.42,43). Tiveram receio de associar-se ao Salvador.

Ainda hoje, há muitas pessoas que se recusam a seguir Jesus. Algumas têm medo de perder a sua autonomia; outras, de enfrentar a oposição e a zombaria. Sejam quais forem os motivos que levem alguém a não se tornar um seguidor de Jesus Cristo, essa escolha custará caro, porque apenas os seguidores de Jesus verão a glória de Deus na terra e desfrutarão a glória de Deus no céu (João 14.6).

Você já está seguindo – verdadeiramente – Jesus Cristo? Em alguns momentos o seguimos de cabeça erguida, com um sorriso no rosto e um cântico nos lábios. É possível que, em outros, o sigamos tropeçando e mancando, com o coração apertado e lágrimas nos olhos. O importante, entretanto, é que se seguirmos Jesus veremos a glória de Deus!

2) MUITAS PESSOAS NÃO VEEM A GLÓRIA DE DEUS PORQUE NÃO CONTINUAM A SEGUIR JESUS

Algo que podemos dizer a respeito de João é que ele foi um indivíduo persistente. Dispôs-se a seguir Cristo na juventude, e o seguiu até a morte. Contudo, no Novo Testamento lemos que alguns que começaram bem, terminaram mal. Multidões decidiram seguir Jesus, e, todavia, voltaram atrás em sua decisão.

Vários discípulos de Cristo o abandonaram. Por exemplo: houve uma ocasião em que o Mestre pregou um sermão sobre o propósito e o custo do discipulado. As multidões disseram: “Duro é esse discurso; quem o pode ouvir?” (João 6.60). O resultado? “Muitos dos seus discípulos deixaram de segui-lo, e já não andavam mais com ele” (João 6.66). Nós não sabemos o nome desses pseudo-discípulos… mas sabemos o nome dos apóstolos que continuaram aos pés do Salvador! Quando o assunto é ver a glória de Deus, perseverança é fundamental!

Muitas pessoas deixam de presenciar milagres e vitórias em suas vidas porque desistem no meio do caminho. No Brasil de hoje, penso que a maior denominação seria a dos afastados! Quantos são aqueles que um dia estiveram no caminho do Senhor e que dele se desviaram! Essas pessoas deixam de ver a glória de Deus! Nas palavras do próprio Cristo, “ninguém que lança mão do arado e olha para trás é digno do Reino de Deus” (Lucas 9.62).

Será que você, em algum momento e por alguma razão, deixou de seguir Jesus? Será que a sua fé esfriou? Será que você perdeu o primeiro amor? A falta de persistência pode nos roubar ricas experiências espirituais. Ela pode nos privar da glória de Deus!

3) MUITAS PESSOAS NÃO VEEM A GLÓRIA DE DEUS PORQUE NÃO VOLTAM A SEGUIR JESUS

Há algo pior do que se afastar de Deus – é não retornar para ele. João viu a glória de Deus manifestar-se, também, na forma como alguns de seus contemporâneos foram restaurados. Ele viu José de Arimatéia e Nicodemos, que a princípio haviam temido assumir a sua fé, tomarem coragem e pedirem o corpo de Jesus após a crucificação. Ele viu Tomé, que havia cedido à incredulidade, prostrar-se aos pés do Salvador ressurreto e exclamar: “Senhor meu, e Deus meu!”. Ele viu Pedro, que a certa altura negara o seu Senhor, ser restaurado e pregar um poderoso sermão do dia de Pentecostes. João viu a glória de Deus na maneira como Cristo ergueu aqueles que haviam caído.

Os braços e o coração de Deus estão sempre abertos para receber-nos. Nas parábolas contadas pelo Mestre, a moeda, a ovelha e o filho perdidos foram buscados. Há uma festa entre os anjos quando um pecador se arrepende. A glória de Deus é vista em momentos assim.

Há uma história sobre certa jovem que brigou com os pais e saiu de casa. Depois de viajar para a capital e decair nas drogas e na prostituição, ela chegou a cogitar o suicídio. Angustiada, entrou em uma igreja. Para sua surpresa, havia um cartaz no quadro de avisos com a foto dela e os dizeres: “Papai te ama, volta pra casa!”. Emocionada, ela retornou para a sua cidade e reconciliou-se com a família. Perguntou: “Pai, como você sabia em que igreja eu iria entrar?”. O pai respondeu: “Filha, eu coloquei o cartaz em todas as igrejas!”.

Deus tem espalhado cartazes assim em todos os lugares. Em cada culto do qual você participar, em cada música que você ouvir, em cada pôr de sol que você contemplar, encontrará o apelo do Senhor: “Filho, Papai te ama, volta pra casa!”. E se você se dispuser a voltar a seguir Jesus, verá a glória de Deus!

CONCLUSÃO

Deus ama profundamente cada um de nós. Ele deseja nos mostrar a sua glória aqui na terra. Ele quer nos levar para a sua glória lá no cé.

Essa é a hora em que todos nós precisamos tomar uma importante decisão. Há alguns que ainda não são crentes. Esses devem começar a seguir Jesus. Outros já aceitaram Cristo como seu Salvador pessoal. Esses precisam continuar a seguir Jesus. E ainda há aqueles que se afastaram. Esses têm que voltar a seguir Jesus. Mas cada um de nós precisa tomar uma decisão. Não há uma quarta alternativa. E essa decisão precisa ser tomada agora, urgentemente, já! Porque só aqueles que seguirem Jesus verão a glória de Deus!

 

Pr.  Marcelo Aguiar

ARTIGOS SIMILARES

0

0

SEM COMENTÁRIOS

Responda