Ex-mulher de Pelé, Assiria Nascimento diz que rei nunca foi pai presente

0
609

AssiriaCantora evangélica, que tem gêmeos com o ex-jogador, desabafa ao R7.

Depois de quase dois anos separada do rei Pelé, Assiria Nascimento, que gravou seu último CD, Novo Tempo, em português e em inglês, revela que é ela quem decide tudo sobre seus filhos.

– Ele nunca foi um pai presente. Ele sempre viajou muito. Eu tomo todas as decisões sobre o que eles vão fazer, a escola em que vão estudar, se vão fazer curso de idioma etc. E só comunico as escolhas.

A cantora e o rei do futebol anunciaram a separação em fevereiro de 2008, depois de 14 anos de casamento. Da união do casal nasceram os gêmeos Joshua e Celeste, que completaram 13 anos na última segunda-feira (28).

– Depois da separação, ficou mais escassa ainda a presença dele. Eles veem o pai em alguns fins de semana ou feriados. Talvez, no próximo feriado, Dia das Crianças, viajem juntos.

Em seu site oficial, Assiria ainda usa o sobrenome Nascimento, de Pelé. Mas em seu material de divulgação do CD, a cantora tirou o Nascimento. Usa somente o primeiro nome.

Assiria também é mãe de Gemina, 18, fruto de outro relacionamento. A cantora revela ao R7 que os três filhos se dão muito bem. Ela ainda diz que é muito dificil criar filhos sozinha. Mas, em sua escala de prioridade eles estão sempre em primeiro lugar.

– Durante as férias meu tempo é todo deles. Fico sempre à disposição.

Para engravidar dos gêmeos, Assiria recorreu à inseminação artificial. O médico responsável por seu tratamento foi Roger Abdelmassih, indiciado pela Polícia Civil por acusações de estupro e atentado ao pudor contra ex-pacientes. Mais de 50 mulheres dizem ter sofrido crimes durante consultas. Mas Assiria o defende.

– Ele é uma pessoa muito querida e especial. Eu conheço a família e nós saíamos para jantar juntos. Pelé também tem boa relação com ele.

Fonte: R7

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.