Autoridade reconhece papel de igrejas no combate à violência em Angola

0
196

A vice-governadora para esfera económica na província do Bié (Angola), Ana Maria Muvuay, enalteceu, neste domingo, na cidade do Kuito, o empenho das igrejas sedeadas nesta região no combate à delinquência juvenil.

A responsável falava no culto de acção de graças realizado na Catedral da Paz, afecta a Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA), no âmbito da jornada do mês da juventude, tendo salientado o papel das igrejas na implementação e execução de programas, que visam o combate à delinquência juvenil.

Ana Maria Muvuay manifestou a sua satisfação pela maneira como as igrejas sedeadas na região, em particular a IECA, têm contribuído na mudança de comportamento dos jovens, com vista a possibilitar o resgate dos valores morais, éticos, cívicos, culturais e patrióticos.

Encorajou as igrejas, no sentido de prosseguirem com a realização de actividades que visem a moralização da família, com vista a facilitar a erradicação da violência doméstica na sociedade angolana, especialmente nesta parcela do país.

Para a vice-governadora do Bié, é necessário que as igrejas continuem colaborar com o executivo loca, no melhoramento das condições de vida da população.

Instou por outro lado, a necessidade das igrejas locais incentivarem a juventude, a afluírem aos centros de formação profissional, através do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP), visando a sua formação.

Ana Maria Muvuay encorajou ainda a camada juvenil, a participar activamente nas tarefas de construção e reconstrução nacional para possibilitar o crescimento socioeconómico da província.

A vice-governadora também exortou os jovens a aproveitarem ao máximo, os benefícios da paz que o país vive há nove anos, tendo acrescentando a necessidade da juventude aumentar o seu nível académico para melhor entender os fenómenos sociais.

Por sua vez, o director da juventude da IECA na província do Bié, Gil Januário Chinday, aconselhou os crentes, sobretudo os jovens, a absterem-se do uso de drogas, bebidas alcoólicas, assim como do vandalismo, visando uma sociedade sã e sadia.

Gil Januário Chinday pediu ainda a combaterem as doenças de transmissão sexualmente, com maior destaque ao Vih/Sida.

Participaram no culto de louvores, perto de dois mil cristãos com destaque para os membros do governo e representantes de partidos políticos.

Com informações da Angola Press/Guia-me

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.