Mesmo na crise, moda evangélica cresce 300% ao ano

0
82

moda-evanglicaA Saia Bella, franquia pioneira em oferecer roupas para o público evangélico, mostra um crescimento em toda a rede e só no ano de 2016 registrou 300% a mais em lojas e faturamento. O resultado é fruto da representatividade dos fiéis no país – são 42,2 milhões de cristãos, segundo o IBGE- e do modelo de negócio rentável que acompanha as tendências da moda especializada.

“Eu e minha esposa, Simone Carvalho, decidimos criar a empresa porque sempre tivemos dificuldade em encontrar peças jovens e modernas que respeitassem as regras da igreja”, conta o sócio-fundador, Renan Santos. De acordo com ele, o mercado está cada vez mais exigente para quem busca emprego e a franquia torna-se uma boa opção para quem quer ter o próprio negócio de forma dinâmica e com total autonomia.

Atualmente com uma loja virtual, 3 Stores (duas lojas próprias e uma franquia) e mais 6 franqueadas Personnalité (venda porta a porta) nos estados de SP, RJ, MT, agora a rede tem uma nova categoria, a Boutique, ideal para cidades com menos de 100 mil habitantes.

“Sabemos que atendemos um mercado cada vez mais crescente e vimos que era hora de atender também as cidades menores, tanto contribuindo para a economia local quanto para o empreendedorismo de pessoas que buscam alternativas de negócios”, explica Santos.

A Saia Bella inclui em seu mix de produtos vestidos longos e midis, saias jeans, longas e midis, conjuntos, camisas e acessórios com uma variação de tamanhos que entre os números 36 e 52. Para 2017, a perspectiva é de faturar R$ 7 milhões e chegar a 30 unidades por todo o país.

Bem Paraná

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.