Goleiro do Fluminense atribui título da Taça Rio a sua fé em Deus

0
320

Um dos destaques da conquista do título da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, foi o goleiro Júlio César. Ele foi o autor de, pelo menos, cinco defesas bem difíceis que garantiram que o Tricolor não sofresse gols no clássico.

Além dele, toda a defesa do Flu foi elogiada por torcedores e pela imprensa pelo baixo número de gols sofridos na Taça Rio: apenas três. E nos cinco clássicos disputados até o momento, o time levou só um gol.

Mas o início da temporada começou com muitas desconfiança, principalmente para a maior parte da torcida tricolor.  Júlio César atribuiu a sua fé em Deus e a oração, a motivação encontrada pelo elenco para passar pelos momentos difíceis.

– Nós sabíamos que seria um momento turbulento, bem difícil. Mas nós sabemos que só vencemos as turbulências com nosso joelho no chão, com oração, com busca, com jejum e, muitas vezes, renunciando a muitas coisas da carne. E hoje, graças a Deus, nós alcançamos essa vitória importante para o grupo.

Durante as comemorações dos gols, é muito comum vários jogadores se ajoelharem e levantarem as mãos para o céu como gesto de agradecimento. Além de Júlio César, outros jogadores do grupo são evangélicos. O goleiro comentou um pouco sobre algumas reuniões de oração que alguns participam.

– Temos as nossas reuniões cristãs no elenco, onde cada um tem a oportunidade de trazer a palavra. Nós nos alimentamos, porque, às vezes, não dá tempo de ir ao culto como gostaríamos, mas nós temos crescido muito. E hoje, pra honra e glória do nosso Senhor Jesus Cristo, pudemos conquistar esse título, porque temos a plena convicção que Deus tem feito grande coisas e por isso estamos alegres.

Apesar da vitória e da felicidade com a conquista, o jogador realçou que o Fluminense não conquistou nada, pois vai enfrentar o Vasco pela semifinal geral do Campeonato Carioca. Na opinião do atleta, o elenco tem que seguir com humildade e foco para avançar na competição.

– Quinta-feira tem outra decisão, que é praticamente outra final. É semifinal, mas se perdermos estaremos fora da final. A gente tem que ter o pezinho bem no chão, foco, humildade, trabalhar forte pra fazer um bom jogo, pois será um clássico extremamente difícil.

O Fluminense enfrenta o Vasco quinta-feira (29), às 21 horas, no Maracanã. O Tricolor tem a vantagem do empate. A outra semi será entre Flamengo e Botafogo no mesmo estádio na quarta-feira (28) às 21h45. O Rubro-Negro joga por um resultado igual. As semifinais do Carioca terão confronto único.

Com informações do Pleno News

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.