Presidente da CBB convoca evangélicos para campanha de jejum e oração pelo Brasil

0
135

A Convenção Batista Brasileira (CBB) emitiu um comunicado convocando os evangélicos a fazerem uma campanha de jejum e oração nesta quarta-feira (04), dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) irá julgar sobre a prisão após condenação em segunda instância.

Se decidirem pena não prisão após condenação em segunda instância, os ministros do STF abrirão precedente jurídico para que outros condenados sejam soltos, tanto os presos da Operação Lava Jato, quanto praticantes de outros delitos.

O pastor Roberto Silvado, presidente da CBB, declarou que os “juízes do nosso STF terão uma oportunidade histórica para reafirmar o COMBATE À IMPUNIDADE em nosso país”, e fez um alerta para as possibilidades desse julgamento. ” Isto permitirá que, de imediato, pedófilos, traficantes, estelionatários, doleiros e corruptos fiquem em liberdade.”

A campanha de jejum e oração será em favor da decisão pela condenação, para evitar assim que tantos criminosos consigam a liberdade. “Unidos pediremos ao Deus dos céus que conceda sabedoria, entendimento e discernimento a cada um dos juízes ao declarar seu voto”, diz o pastor em comunicado distribuído pelas redes sociais.

Além deste texto, que você confere na íntegra a seguir, o religioso gravou um vídeo falando mais sobre esta campanha de jejum e oração.

Assista ao Vídeo:

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.