Igreja Universal é pinchada por grupo com frases contra o candidato Jair Bolsonaro

0
911

A Universal informou, nesta sexta-feira (26), que uma de suas igrejas localizada no bairro Recoleta, em Santiago, Chile, foi atacada por vândalos. O grupo pichou frases no prédio com os dizeres “seu dízimo financia o diabo”, “ele não” e “Hitler = Bolsonaro”.

O ato político foi realizado durante a madrugada desta sexta. De acordo com o pastor Francisco de Menezes, responsável pela igreja, pichações desse tipo já aconteceram outras vezes. Ele considerou ainda que a ação foi praticada por terroristas.

Vamos abrir normalmente, isso não nos intimida. Acho uma ação de terrorista, de vândalos. Espero que as pessoas pensem mais no próximo, em vez de quererem agir assim – explicou.

Outras unidades da Universal também já sofreram ataques durante as eleições. Em 20 de outubro, uma igreja localizada no bairro Bela Vista, em São Paulo, foi pichada.

A polícia segue investigando o caso.

 

Com informações do PlenoNews

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.