Frutos da Graça

0
161

“Sempre dou graças a meu Deus por vocês, por causa da graça que lhes foi dada por ele em Cristo Jesus.” (1 Coríntios 1.4)

A graça jamais é infrutífera. A graça muda nossa maneira de pensar e leva-nos a mudança de atitude. Ela não é uma permissão para ficarmos onde estamos um salvo conduto para frequentarmos caminhos errados e no final nos livrar das consequências. A graça abre nossos olhos para a vontade de Deus, para que percebamos o quanto ela é boa, perfeita e agradável (Rm 12.2). E quando estamos sob o poder da graça despertamos gratidão. Por causa da graça, Paulo era grato a Deus pelos irmãos e irmãs de Corinto.

Eles não eram perfeitos. Ao contrário, vivenciavam muitos problemas. Eram confusos em algumas coisas e imaturos. Devido a essa imaturidade aconteciam divisões entre eles. E sabemos o quanto a unidade é importante em nossa fé. Jesus disse que nossa unidade, nosso amor uns pelos outros, seria a nossa identidade – “Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros” (Jo 13.35). Mas ainda assim Paulo era grato, pois mesmo sendo uma igreja com muitos problemas, a graça estava produzindo seus frutos. E isso é uma mensagem para nós, para nossa caminhada cristã.

Não há cristão em quem a graça não possa produzir frutos. Mas em lugar de aprender a viver pela graça, algumas vezes nos voltamos para o mérito, permanecemos julgando a nós mesmos (e aos outros), nos aprovando ou condenando. Quando fazemos isso sempre erramos! Pela graça você pode viver de maneira frutífera e superar suas fraquezas. Volte-se para a graça. Creia no amor de Deus e confie inteiramente na obra redentora de Cristo. Olhe para frente. Pela graça, seja uma dádiva para muitos. Vivendo pela graça, esteja certo de que sempre haverá alguém dando graças por sua vida, por causa da graça que lhe alcançou por meio de Cristo Jesus. Glórias a Deus por sua graça!

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.