Não faça nada para aparecer

0
108

Podemos ir direto ao assunto? Não sei o que você acha, mas eu irei (rs).

A pergunta é a seguinte: Você já fez algo com a única intenção de aparecer? Das muitas certezas que tenho, essa é mais uma: você já fez algo com a intenção de aparecer, sim! Não tenha vergonha de assumir. Sei que isso pode ser desconfortável, mas precisamos reconhecer que isso acontece.

Eu já fiz coisas com a intenção de aparecer. Quer alguns exemplos? Já falei coisas “bonitas” – demonstrando meu conhecimento, já abracei, cantei, toquei violão ou teclado, dei lição de moral… A lista é um pouco grande, sendo assim, prefiro parar por aqui.

Talvez você tenha ficado um pouco espantado, talvez eu tenha perdido um pouco de moral com você, talvez… sei lá o quê.  A questão é que alguns cristãos não gostam de assumir que pecam, que erram, e ficam muito aborrecidos quando outro cristão demonstra sua humanidade. Fazer o quê?

Para que o assunto não fique chato, quero lhe dizer que você pode até fazer “coisas espirituais” com a única intenção de aparecer. Você já fez isso? Quem sabe você orou só para impressionar, ajudou alguém e fez propaganda de toda ajuda prestada, fez jejum e saiu com aquela cara de fome… Não sabe do que estou falando? Jesus falou sobre isso. Vamos ver o que ele disse?

“Tenham o cuidado de não praticar suas ‘obras de justiça’ diante dos outros para serem vistos por eles. Se fizerem isso, vocês não terão nenhuma recompensa do Pai celestial.

“Portanto, quando você der esmola, não anuncie isso com trombetas, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, a fim de serem honrados pelos outros. Eu lhes garanto que eles já receberam sua plena recompensa.

Mas quando você der esmola, que a sua mão esquerda não saiba o que está fazendo a direita, de forma que você preste a sua ajuda em segredo. E seu Pai, que vê o que é feito em segredo, o recompensará.

“E quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de ficar orando em pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos outros. Eu lhes asseguro que eles já receberam sua plena recompensa.

Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará” (Mateus 6:1-6). “Ao jejuar, ponha óleo sobre a cabeça e lave o rosto, para que não pareça aos outros que você está jejuando, mas apenas a seu Pai, que vê no secreto. E seu Pai, que vê no secreto, o recompensará” (Mateus 6:17,18).

Se as coisas não espirituais já não devem ser feitas com o objetivo de aparecer, imagine as “coisas espirituais”.

Jesus deixou bem claro que o objetivo nunca pode ser “aparecer”, mas, pelo contrário, devemos cumprir o nosso serviço cristão para que Deus seja glorificado: “Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus”. (Mateus 5:16)

Não devemos fazer nada para nossa glória, mas devemos fazer tudo para a glória de Deus, para que Ele seja glorificado, tendo o reconhecimento dos homens de que Ele é o Senhor, aquele que deve ser amado, honrado, servido e adorado por todo o sempre.

Se eu puder lhe aconselhar agora, só quero dizer uma coisa: Não faça nada para aparecer!

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.