Perseverai em oração 2

0
64

Perseverai em oração, velando nela com ação de graças. (Colossenses 4:2)

Orar é algo tão simples e tão complexo, ao mesmo tempo. É algo que sabemos como fazer, mas que temos tantas dúvidas a respeito. É assim porque a oração é misteriosa mesmo! Ela é o encontro do crente com Deus, do ser humano com o ser divino. Os muçulmanos oram cinco vezes ao dia, começando por volta das cinco da manhã. A oração que fazem é uma oração formal, que repetem ao longo do dia. Eles ensinam que isso é o mínimo que se espera do fiel e dizem que é um privilégio pois é o momento esperado pelo fiel para encontrar-se com o Criador, mas também, ensinam, é o momento em que o Criador espera para encontrar-se como fiel. 

Eles levam mais a sério a oração do que muitos de nós, cristãos. O que Maomé disse parece ter mais peso para os muçulmanos do que as palavras de Jesus para nós cristãos. Sim, claro, podemos dar explicações sobre isso dizendo que eles fazem isso por medo, como imposição. É possível e provável que muitos o façam. Mas surpreendi-me com o testemunho de alguns que conheci recentemente. Surpreendi-me com o respeito e devoção que demonstraram. E imediatamente fui levado a avaliar minhas atitudes e o modo como penso em Deus. A oração é um dos pilares de expressão e prática de nossa fé. Precisamos melhorar!

Até que nos dediquemos mais à oração, não saberemos verdadeiramente o que a oração significa. Estaremos mais habituados a ela do que a conheceremos. A teremos ali, bem perto, ao alcance de uma atitude, mas deixaremos o tempo passar e no dia seguinte, mais uma vez, repetiremos a história de poder orar, mas nada fazer a respeito. Dedicar-se à oração é uma escolha. Exige firmeza! Há uma vida possível e uma espiritualidade profunda cuja oração é necessária como caminho de crescimento. Mas há muitos desvios e obstáculos. Há muitas distrações e atividades mais prazerosas. Precisaremos escolher a oração. Que haja mais encontros entre você e Deus hoje. Encontros de oração. Dedique-se. Supere as dificuldades. Você não se arrependerá!

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.