‘Foi livramento’, diz evangélico que quase foi atingido por tiros de helicóptero da Polícia

0
112

Foram cerca de 10 tiros em apenas um segundo. Um sobrevoo do governador Wilson Witzel sobre Angra dos Reis no último sábado(04/05) por pouco não acabara em tragédia. Um vídeo publicado nas redes sociais mostra o helicóptero no entorno da região conhecida como Areal, controlada pela criminalidade. A aeronave se desloca em direção ao Monte do Campo Belo, ponto de peregrinação de cristãos. Moradores afirmam que o local é conhecido por todos como uma rota de oração. Nas imagens um atirador dispara uma rajada com a metralhadora em direção a uma lona azul instalada na trilha do morro.

A reportagem do EXTRA foi até o local das imagens. O diácono Shirton Leone, da igreja Assembléia de Deus, considera um livramento que mesmo em um sábado o local estava vazio. Visto como paraíso natural na região da Costa Verde no Rio de Janeiro, a cidade de Angra dos Reis se transformou em refúgio do tráfico nos últimos cinco anos.

Sempre há alguém ajoelhado atrás da lona, de joelhos, rezando. Faz parte da nossa peregrinação. O prefeito sabe disso, é católico. Foi um livramento não ter acabado em tragédia aquela ação — comenta Leone.

Naturalmente aos sábados há um fluxo constante de cerca de 30 pessoas que sobem a encosta para rezar, segundo o diácono. Alguns, inclusive, fazem campanhas de oração e passam a noite acampando.

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.