Malafaia explica porque pediu recuperação judicial

0
151

O pastor Silas Malafaia publicou um vídeo, nesta quarta-feira (19), explicando porque pediu recuperação judicial.

– Um dos setores mais afetados pela crise foi o setor editorial. A Cultura, a Saraiva, estão em recuperação judicial. Então eu sou uma editora. Para você ter uma ideia, hoje eu estou vendendo 25% do que eu vendi em 2015. A recuperação judicial é um instrumento legal para que as empresas paguem suas dívidas, se reestruturem e continuem a sua marcha. A editora Central Gospel vai continuar. Eu só estou pedindo recuperação judicial para reorganizar essa empresa, pagar as dívidas e continuar a nossa marcha.

Malafaia afirmou que resolveu dar uma satisfação ao público porque “o império da maldade é muito grande”. Ele ainda ironizou a reportagem da revista Forbes que afirmou que ele tinha um patrimônio de 150 milhões de dólares (R$ 580 milhões). Segundo o pastor, a dívida é menor que 5% desse valor. Ele perguntou se realmente tivesse esse dinheiro, se pediria recuperação judicial.

– A editora Central Gospel é uma propriedade minha. Não tem nada a ver com a Igreja. Eu não sou dono de igreja, nem do dinheiro de igreja. A Assembleia de Deus Vitória em Cristo é uma coisa e a editora Central Gospel é minha.

Fonte: Pleno News

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.