Cidade onde Davi se escondeu do Rei Saul é encontrada por arqueólogos

0
89

Depois de sete escavações que revelaram cerca de mil metros quadrados, a equipe arqueológica encontrou evidências de um assentamento da era filistéia dos séculos XII a.C., sob camadas de um assentamento rural datado do início do século X a.C., em grande parte considerado a era davídica descrita na Bíblia.

Os estudos são dos pesquisadores Prof. Yosef Garfinkel, Saar Ganor, da Autoridade de Antiguidades de Israel, e Dr. Kyle Keimer da Universidade Macquarie em Sydney, Austrália.

Entre as descobertas feitas estavam estruturas de pedra maciças e artefatos típicos da cultura filistéia, incluindo cerâmica em depósitos de fundação – oferendas de boa sorte colocadas sob o piso de um prédio. 

Algumas das covas de oliva e outros objetos orgânicos encontrados nos depósitos foram enviados para datação por carbono, o que confirmou seus contextos, segundo os arqueólogos.

A informação de que seria a cidade perdida da Bíblia, porém, não é consenso na comunidade científica internacional, que deverá adotar maiores investigações em breve para confirmar sua autenticidade de forma unânime.

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.