Confederação Israelita repudia “acusações preconceituosas” de Ciro Gomes contra judeus

0
84

A Conib (Confederação Israelita do Brasil) divulgou nota em que condena as declarações do ex-ministro Ciro Gomes de que empresas israelenses são corruptas.

As declarações foram dadas por Ciro nesta segunda-feira(7), através do Facebook. Ele chegou a acusar empresas israelenses de caixa 2 para o PSL na campanha eleitoral de 2018.

O presidente da confederação, Fernando Lottenberg, disse que Ciro fez “acusações genéricas e sem comprovação alguma contra judeus”.

“Em mais uma manifestação preconceituosa, o ex-governador Ciro Gomes decidiu acusar ‘empresas corruptas’ de Israel por suposto financiamento ilegal da campanha do presidente Jair Bolsonaro”.

Ciro Gomes criticou a atuação do Judiciário em investigações que apuram caixa 2 na campanha eleitoral do PSL em 2018, incluindo a do presidente Jair Bolsonaro, apesar de ele ter feito uma campanha com o uso de poucos recursos.

Para o pedebista houve dinheiro estrangeiro na campanha do candidato do PSL, com o objetivo de impulsionar publicações no Facebook. Ele também voltou a acusar Bolsonaro de ter pago para envio de mensagens em massa no WhatsApp.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluiu que não houve envio de mensagens em massa no WhatsApp, nem pagamento de empresas pelo serviço.

Fonte: Gospel Prime

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.