Que Ele seja visto

0
67

“Ninguém jamais viu a Deus; se nos amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor está aperfeiçoado em nós.” (1 João 4.12)

O mundo se ressente da ausência de Deus. Não porque Ele esteja ausente. Mas porque temos falhado em revela-lo. E uma igreja deve ser um sinal da presença de Deus no mundo. Assim como cada cristão deve ser esse mesmo sinal. E há apenas um caminho para isso: o caminho do amor. João está nos dizendo isso e devemos crer, pois não há outro caminho. Quando nos amamos, quando amamos o nosso próximo, o Evangelho que proclamamos faz sentido. Quando amamos e servimos as pessoas, o Deus que anunciamos pode ser verdadeiramente conhecido e crido.

Quanto mais amamos, mais capazes somos para amar. Quanto mais servirmos, mais inspirados e felizes somos para servir. E assim Deus vai se materializando na história através de cada um de nós. Ninguém de fato pode ver Deus, mas Deus vai se tornando visível por meio de nossas atitudes, de nossas palavras, de nossos atos. É esse o nosso chamado: tornar Deus visível. Nossa espiritualidade não deve ser uma negação de nossa fé, mas uma confirmação dela. Não podemos dizer que cremos em Deus e não vivermos orientados pelo amor, pois Deus é amor (1 Jo 4.8). Na medida que amamos vamos nos tornando um sinal de Deus no mundo.

Por isso Paulo escreveu que qualquer coisa impressionante em nossa vida, seja conhecimento, sabedoria, poder para realizar milagres, dons os mais extraordinários… tudo perde o valor se não houver amor (1 Co 13.1-3). Se o amor não for a nossa motivação, tudo será em vão. Se você realmente quer viver como um cristão, como um verdadeiro discípulo de Cristo, escolha amar diariamente. Dedique-se a aprender a amar. A maturidade e saúde da espiritualidade ensinada por Jesus não está em coisa alguma que não seja o amor. E o amor que produz frutos. Frutos que honrem a Deus. Ninguém jamais viu a Deus. Que vendo você e suas atitudes, as pessoas sejam inspiradas e percebam que Deus está por perto.

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.