Ex-presidente diz que a esquerda precisa olhar para os evangélicos que votaram em Bolsonaro

0
122
.Dilma em entrevista à Deutsche Welle na Colômbia.

Em entrevista para uma jornalista colombiana, a ex-presidente Dilma Rousseff declarou que a esquerda precisa olhar para os evangélicos que votaram no presidente Jair Bolsonaro.

“Nós temos de olhar para os evangélicos que votaram no Bolsonaro. Nós temos de discutir com aqueles que o defenderam porque acham e acreditam que a questão da segurança no Brasil é a questão central. E nós temos de tratar essa questão”, disse Dilma que participava do Hay Festival Cartagena na Colômbia.

Dilma, que sofreu impeachment em 2015 por conta das chamadas ‘pedaladas fiscais’, disse que no Brasil há “um governo neofascista executando um programa neoliberal”, repetindo frases de que o atual governo defende tortura e torturadores.

“[O governo] É capaz de utilizar de forma absolutamente clara todos os mecanismos possíveis para perseguir artistas, para desrespeitar educadores, desrespeitar a autonomia universitária, desrespeitar o direito, desrespeitar jornalistas”.

Sem se sentir culpada pela ascensão da direita no Brasil, a ex-presidente diz que a eleição de Bolsonaro não tem nenhuma ligação com os protestos populares que começaram em 2013 e a fizeram perder o cargo em 2015.

Porém ela afirma que, “naquele movimento houve um caldo de cultura no qual se desenvolveram alguns monstros”.

Com Informações do JMN

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.