Cantor gospel superou atentado onde foi submetido ao fogo e tijoladas

0
78

O inexplicável sentido da fé foi o bastante para que um cantor gospel iraquiano testasse o limite do sacrifício depois de passar por um terrível atentado nas mãos de um grupo terrorista do estado Islâmico. Foi o que aconteceu com um músico gospel.

O cantor, que não teve seu nome divulgado, deu seu testemunho para um documentário que será lançado nos próximos meses nos Estados Unidos com a produção de Sean Feucht em parceria com Bethel Music.

Segundo informações relatado pelo cantor ele foi sequestrado pelo grupo terrorista, ISIS do estado Islâmico. O cantor faz parte da comunidade cristã, Yazidi, que é perseguida pelos extremistas.

Ainda em seu depoimento, o cantor relata que depois de sequestrado sofreu barbaridades nas mãos do grupo terrorista. Ele foi torturado fisicamente e psicologicamente. Os terroristas bateram nele com barras de tijolos. No entanto, toda essa violência não o vitimizou.

Eles então decidiram tacar fogo no corpo do músico, e mesmo jogado vinte litros de gasolina as chamas não consumiram o corpo do artista.

Fogo Divino

“Os yazidis foram realmente alvos do genocídio do ISIS. Eles foram estuprados, espancados, executados” disse o idealizador do projeto, Sean Feucht, em entrevista para o canal Fox News. Sean também conta que durante a entrevista, o músico gospel relatou que sonhou com Jesus e foi ele que o resgatou de sua antiga religião.

O documentarista também disse durante entrevista que o intuito da produção é denunciar as barbáries que os cristãos são submetidos no Iraque. Uma prévia do documentário será lançado em agosto durante a conferência Heaven Come, em Los Angeles.

Fonte: TV em Foco

Compartilhar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.