Silas Malafaia ataca Ana Paula Valadão e diz que não vai fechar igrejas; Assista

0
220

Nesta quarta-feira (18), a cantora gospel Ana Paula Valadão e o pastor Silas Malafaia protagonizaram uma discussão virtual por causa da presença dos fiéis nas igrejas. Apesar de não citarem o nome um do outro, os internautas entenderam o recado e o assunto “Ana Paula Valadão” ficou entre os mais comentados do Twitter.

O motivo da polêmica foi um vídeo publicado por Ana Paula. Nas imagens, ela aparece criticando os pastores que continuam mantendo as igrejas abertas e realizando cultos presenciais. A cantora sugeriu que os fiéis ficasse em casa e obedecessem as recomendações de higiene e quarentena. Entretanto, ela insinuou que se a preocupação dos líderes fosse a arrecadação do dízimo, que eles utilizassem operações on-line para evitar as aglomerações.

“Denúncia: não sou profeta do caos, mas sou uma voz pela sensatez. CUIDADO com a RELIGIOSIDADE que está ameaçando o bom senso!”, escreveu a evangélica na postagem.

A postagem não agradou ao pastor Silas. Ainda nesta quarta, o líder religioso publicou, na sua conta oficial do Twitter e fo YouTube, um vídeo rebatendo, indiretamente, a intérprete. Entre outras acusações, ele afirmou que a artista gospel já recebeu muitos cachês milionários e que não tem autoridade para falar sobre o assunto.

Silas também disse que não pretende parar de realizar as reuniões em seus templos. Assim como, destacou que Ana Paula não tem autoridade espiritual e voz profética para determinar sobre a vida do povo evangélico no Brasil.

Vale ressaltar que, embora haja recomendações do Ministério da Saúde e dos governos estaduais, Malafaia somente anunciou o cancelamento de um encontro de pastores, no final do mês de março, porque as viagens de ônibus interestaduais e aéreas foram interrompidas. Nos últimos dias, o pastor tem sido uma das figuras religiosas que tem demonstrado resistência quanto ao fechamento das igrejas.

 

Fonte:EuRio

Convenção Batista Fluminense

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.